Regulamento


ENTENDA O PRÊMIO TERRITÓRIOS EDUCATIVOS:


1. QUAL É O OBJETIVO DO PRÊMIO?

O Prêmio Territórios Educativos busca reconhecer e fortalecer experiências pedagógicas (ações, vivências ou projetos) que explorem as oportunidades educativas do território onde a escola está inserida, partindo do pressuposto de que a educação se dá também para além dos muros da escola.

O Prêmio pretende identificar experiências que integrem os saberes escolares e comunitários, valendo-se dos recursos humanos (famílias dos alunos, moradores, agentes locais, artistas da comunidade etc.) e dos espaços físicos do entorno da escola (ruas, parques, praças, associações comunitárias, centros culturais, estabelecimentos, instituições públicas ou privadas etc.) para a concretização de seus objetivos pedagógicos, e que envolvam, além das disciplinas curriculares, o campo da cultura, em sua ampla acepção e diversidade.

Nesta perspectiva, as experiências devem idealmente contemplar aspectos como: integração efetiva entre a escola e o território; processos democráticos e colaborativos entre membros da escola e da comunidade; protagonismo dos participantes; relação com a cultura, com atenção aos saberes e fazeres locais e às características físicas e humanas da comunidade; interdisciplinaridade; consistência das formas de investigação e produção de conhecimento; efeitos positivos gerados nos participantes, no ambiente escolar e na comunidade e o potencial multiplicador da metodologia utilizada.

Por conta dessa vocação, o Prêmio é voltado a experiências pedagógicas que contem obrigatoriamente com a participação de professores e de membros de outros segmentos da escola ou da comunidade.


2. PARA QUEM É?

O Prêmio é dirigido aos professores da rede pública municipal de São Paulo.

Os professores devem, no momento da inscrição, apontar pelo menos mais dois correalizadores da experiência pedagógica, representantes de outros segmentos da escola ou da comunidade, caracterizando, assim, a natureza coletiva da iniciativa.

A experiência inscrita pelo professor deve estar ligada à unidade de ensino na qual ele tem atribuição de aula e deve estar em andamento no ano de 2017.


3. COMO FUNCIONA?

A dinâmica do Prêmio Territórios Educativos se desdobra em 7 (sete) etapas:

I. Lançamento do Prêmio
II. Inscrições
III. Laboratório Territórios Educativos
IV. Processo de seleção
V. Anúncio dos selecionados
VI. Ações de Premiação
VII. Encontro de Territórios - encerramento

Etapas e datas:

I. Lançamento do Prêmio | 24 de Maio

O lançamento do Prêmio será realizado por meio de ações de divulgação na imprensa, redes sociais e canais de comunicação do Instituto Tomie Ohtake, Secretaria Municipal de Educação de São Paulo e Estácio.

II. Inscrições | 24 de Maio a 07 de agosto (prorrogadas até dia 20 de agosto)

As inscrições deverão ser realizadas pelo site www.premioterritorioseducativos.org.br

No momento da inscrição, o professor deverá fornecer:

1. Dados pessoais
2. Dados dos correalizadores da experiência
3. Dados da escola
4. Informações sobre a experiência pedagógica
5. Imagens fotográficas e/ou links para vídeos (Youtube ou Vimeo) ou páginas na Internet que contenham registros sobre a experiência (blog, página de Facebook etc.)

É altamente recomendado que seja apresentado material em vídeo que contextualize a experiência pedagógica que está sendo inscrita, a escola e o território onde está inserida e que possa ser utilizado para fins de avaliação.

III. Laboratório “Territórios Educativos” 12, 19 e 26 de Junho

Serão realizados 3 (três) encontros para professores sobre o tema “Territórios Educativos”, com a previsão de participação de até 80 professores.

Os laboratórios acontecerão nos dias 12, 19 e 26 de junho (segunda-feira), no Instituto Tomie Ohtake, com capacidade para 80 educadores.

A distribuição das vagas e a inscrição para o curso serão realizadas pelas Diretorias Regionais de Ensino da Secretaria Municipal de Educação. Será publicado um comunicado específico em Diário Oficial.

O Laboratório Territórios Educativos será uma oportunidade de mergulho no campo da arte, da cultura e da educação, concretizada por meio de:

• Apresentação do Prêmio Territórios Educativos e de seus conceitos norteadores;

• Visita gratuita à exposição em cartaz no Instituto Tomie Ohtake;

• Os encontros do Laboratório serão oportunidades de exploração e experimentação coletiva dos temas ligados ao conceito de Territórios Educativos, propostas por artistas e/ou educadores convidados.

O profissional que participar do Laboratório Territórios Educativos receberá certificação pela Secretaria Municipal de Educação (12 horas).

IV. Processo de Seleção | de 21 de agosto a 08 de setembro

As experiências pedagógicas inscritas pelos professores serão avaliadas por um júri composto por especialistas dos campos da educação e da cultura, incluindo representantes das instituições organizadoras do Prêmio.

O júri selecionará até 10 (dez) experiências.

Serão considerados os seguintes aspectos e potenciais:

• Integração entre escola e território: a forma como a experiência pedagógica (ação, vivência ou projeto) explora as oportunidades educacionais existentes no território onde a escola está inserida para potencializar seus processos de aprendizagem, integrando os saberes escolares e comunitários e valendo-se dos recursos humanos (famílias dos alunos, moradores, agentes locais etc.) e dos espaços físicos do entorno da escola (ruas, parques, praças, associações comunitárias, centros culturais, estabelecimentos, instituições públicas ou privadas etc.);

• Colaboração: participação de, além do professor, dois ou mais correalizadores da experiência que sejam representantes de segmentos da escola ou da comunidade (estudantes, professores, funcionários, famílias, gestores, moradores do bairro, profissionais liberais ou de associações, instituições, empresas ou comércio do bairro etc.);

• Protagonismo: nível de apropriação e envolvimento dos participantes nos processos de planejamento, realização e avaliação da experiência pedagógica;

• Relação com a cultura: a forma como a experiência pedagógica integra elementos das artes e da cultura, em sua ampla acepção e diversidade, com atenção aos saberes e fazeres locais e às características físicas e humanas da comunidade em que acontece;

• Interdisciplinaridade: associação de conhecimentos e práticas entre as disciplinas e os saberes – preferencialmente, sem hierarquização entre eles;

• Desenvolvimento da experiência como prática investigativa: em que medida a definição dos conteúdos e ações constitui-se como processo consistente de investigação e produção de conhecimento tanto por parte dos realizadores quanto dos participantes;

• Impacto: efeitos gerados e desejados pela experiência nos participantes nos processos educacionais escolares, no ambiente escolar e na comunidade;

• Potencial multiplicador: da metodologia utilizada, de modo que possa ser replicada e/ou inspirar iniciativas em outras escolas.

V. Anúncio das experiências pedagógicas selecionadas

As experiências selecionadas pelo júri e os nomes dos professores e correalizadores serão publicados no site www.premioterritorioseducativos.org.br até o dia 13 de setembro de 2017. Antes dessa data os professores responsáveis pelas inscrições das experiências selecionadas serão informados por e-mail ou telefone.

VI. Ações de Premiação | Setembro e Outubro

Entendendo-se como iniciativa de caráter formativo, o Prêmio irá oferecer às dez experiências selecionadas modos de suporte, fortalecimento e aprofundamento de suas práticas e da formação de seus realizadores e membros. Dessa forma, além do professor, os coletivos participantes das experiências (alunos, outros membros da escola e da comunidade) também serão beneficiados direta ou indiretamente.

As ações de premiação consistem em:

Formação Continuada

A Estácio, patrocinadora do Prêmio Territórios Educativos, oferecerá para cada ação premiada: 1 bolsa de estudo de 100% do valor da mensalidade para curso de Graduação da Estácio e 1 bolsa de estudo de 100% do valor da mensalidade para curso de Pós-graduação da Estácio.

Encontros de Conexão e Reflexão

Serão realizados encontros formativos, facilitados por educadores e artistas, voltados aos realizadores e membros das experiências selecionadas, incluindo os professores e demais representantes da escola e da comunidade, com o objetivo de promover:

> a conexão entre os territórios, a partir do reconhecimento mútuo e da troca de experiências;

> a reflexão, a partir do levantamento de questões e desafios compartilhados entre os integrantes das iniciativas, assim como a formulação de ideias e soluções conjuntas que serão discutidas com os artistas e educadores convidados.

Documentação e divulgação

As experiências pedagógicas selecionadas serão divulgadas por meio de uma websérie que irá apresentar, em vídeos de curta duração, um resumo de cada um dos projetos, seus processos e resultados, e será veiculada nos canais de comunicação do Instituto Tomie Ohtake, da Secretaria Municipal de Educação de São Paulo e da Estácio, conferindo visibilidade a essas iniciativas.

Além disso, os professores, correalizadores e membros dessas experiências serão convidados a participar do Encontro de Territórios, que marca o encerramento do Prêmio, momento em que poderão compartilhar suas práticas junto a professores e integrantes das escolas e comunidades da cidade de São Paulo.

VII. Encontro de Territórios | Novembro

O Encontro de Territórios será o evento de encerramento do Prêmio Territórios Educativos, com as seguintes ações previstas:

> o anúncio de premiação de até 10 (dez) experiências selecionadas;

> um ciclo de apresentações das experiências pedagógicas selecionadas, voltado a toda a rede municipal de ensino e representantes das comunidades.

A data do Encontro de Territórios será comunicada no mês de outubro pelos canais de comunicação digitais do Instituto Tomie Ohtake (e-mail, site e Facebook).


4. COMO O PRÊMIO SE RELACIONA COM AS POLÍTICAS PÚBLICAS DE EDUCAÇÃO DA CIDADE DE SÃO PAULO?

O Prêmio Territórios Educativos se fundamenta na concepção de Educação Integral na perspectiva da Cidade Educadora, sintetizada no provérbio africano que diz que “é preciso toda uma aldeia para educar uma criança”. Toda uma aldeia dentro da qual está a escola, que passa a reconhecer os saberes da aldeia, do lugar onde está inserida.

Território educativo é a escola, é a aldeia, é o encontro da escola com a aldeia, praticando Educação Integral, em tempo parcial ou integral; integrando mais gente, durante mais tempo, ocupando mais lugares, oferecendo novas oportunidades educativas.

O Prêmio se inspira em documentos da política educacional da cidade de São Paulo formulados pelos programas Mais Educação São Paulo e São Paulo Integral, assim como pelo programa Mais Educação do governo federal.


5. COMO O PRÊMIO É VIABILIZADO?

O Prêmio Territórios Educativos é uma iniciativa do Instituto Tomie Ohtake, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação de São Paulo e com o patrocínio da Estácio, viabilizado por meio da Lei de Incentivo à Cultura, e faz parte das ações do pilar Estácio na Escola – Programa Educar para Transformar.


6. INFORMAÇÕES GERAIS

Sobre a Participação

• É vedada a participação de funcionários(as), colaboradores(as), mantenedores(as) do Instituto Tomie Ohtake e da Estácio, bem como de seus respectivos parentes de até 2º grau e cônjuges de quaisquer pessoas envolvidas diretamente na execução do Prêmio.

Sobre o processo de seleção

• As decisões do júri serão soberanas.

• Os resultados finais serão divulgados no site www.premioterritorioseducativos.org.br

Sobre o uso de imagens

• Os participantes autorizam a utilização irrestrita, sem limite temporal ou espacial, sem nenhum ônus de direitos autorais, de sua imagem, voz e nome, registrados em gravação audiovisual, bem como sua reprodução, transformação e comunicação pública (na forma original ou transformada), por qualquer meio ou procedimento, fotos, vídeos, documentários, traduções, Internet etc. para fins educacionais e de divulgação dos trabalhos realizados pelo Instituto Tomie Ohtake, pela Estácio e pela Secretaria Municipal de Educação de São Paulo.

Sobre os direitos autorais

• O professor responsável pela inscrição se responsabiliza pela ciência e concordância dos participantes da experiência pedagógica na inscrição no Prêmio Territórios Educativos.

• Os participantes se responsabilizam pelos direitos autorais relativos ao uso de expressões, textos, fragmentos de texto, entre outras reproduções e/ou utilizações indevidas das obras, mesmo que parcialmente, respondendo cível e criminalmente pelos ilícitos que vierem a cometer no âmbito da propriedade intelectual, assim como pelo eventual uso indevido da imagem (em sentido amplo) de pessoas.

Sobre a inscrição

• As inscrições acontecerão exclusivamente pelo site do Prêmio. Não serão aceitos documentos enviados pelo correio ou por qualquer outro meio.

• O professor poderá inscrever mais de uma experiência pedagógica, mas poderá ter apenas uma delas contemplada pelo Prêmio.

• Cada Unidade Escolar poderá inscrever mais de uma experiência pedagógica, mas poderá ter apenas uma delas contemplada pelo Prêmio.

• O Prêmio é voltado para professores da rede pública que desenvolvam suas experiências nas unidades vinculadas diretamente à rede pública municipal de São Paulo. O Prêmio não contempla experiências desenvolvidas em escolas particulares, ONGs ou outros segmentos da Educação.

Sobre a premiação

• Os responsáveis pelas experiências pedagógicas selecionadas se comprometem a participar das Ações de Premiação conforme previsto na etapa VI do item 3.

• Os responsáveis pelas experiências pedagógicas selecionadas se comprometem a receber e colaborar com a equipe de vídeo para a realização da documentação da experiência.

• As bolsas de estudos cedidas pela Estácio como premiação não se aplicam aos cursos de graduação em Medicina, Medicina Veterinária, Gastronomia, Hotelaria, Odontologia e Biomedicina. Para os cursos de Pós-graduação, são válidos os cursos que não tenham asterisco *.

A Estácio se reserva no direito de alterar os cursos disponíveis para a premiação sem aviso prévio.

Sobre a comunicação

• Dúvidas sobre o Prêmio Territórios Educativos podem ser esclarecidas pelo e-mail premioterritorioseducativos@institutotomieohtake.org.br ou pelo telefone (11) 2245-1937.

Os casos não previstos e/ou eventuais controvérsias da participação no Prêmio serão submetidos à equipe de coordenação do Prêmio Territórios Educativos para avaliação, sendo as suas decisões soberanas e irrecorríveis.



PATROCÍNIO

APOIO

REALIZAÇÃO


Av.Brigadeiro Faria Lima, 201
Pinheiros - São Paulo - SP
CEP 05426-100